Em grande parte dos nossos objetivos e sonhos , consequentemente de alguma forma , envolve dinheiro para a execução dos planos. Ele, na maioria das vezes é o elo para realizar o que deseja, seja uma viagem, casa própria ou até mesmo um carro novo.

E quando você se depara com essa situação, nem sempre o fator financeiro é um bom aliado nessa história não é mesmo? As barreiras econômicas que enfrentamos com impostos, despesas fixas e variáveis do nosso dia-a-dia faz com que nem sempre dispomos do valor que precisamos para nossas vontades. Pensando nisso, nós da Málaga soluções financeiras , entendemos que nessa hora é muito difícil decidir qual o modelo de empréstimo escolher e preparamos para você este resumo de algumas informações para ajuda-lo antes que tome qualquer decisão, pois é muito importante o conhecimento neste momento.

Empréstimo consignado

No empréstimo consignado os valores são automaticamente descontados da sua folha de pagamento como pensionista, aposentado ou como servidor público, dependendo do órgão , INSS, Governo Federal, Governo estadual, Prefeituras , ou empresa, nesse caso trata-se de empréstimo consignado privado.
Diferente do empréstimo pessoal, nessa modalidade o risco é muito menor , pois os descontos são feitos de forma autônoma pelo órgão que o contratante é afiliado.

Vantagens do empréstimo consignado

Vale destacar que a vantagem mais atrativa do crédito consignado está no custo reduzido e menores taxas. Como dito, os riscos dessa contratação são menores. Por essa razão, os bancos e as financeiras podem praticar juros mais baixos — especialmente quando se comparado com o crédito pessoal.
Além disso, a contratação do empréstimo consignado, é mais simples, menos burocracia, pois apenas algumas confirmações, assinatura digital que grande parte das instituições financeiras estão utilizam devido maior segurança, alguns órgãos disponibilizam em até 96 parcelas e consequentemente facilita uma quantia mensal que cabe no seu bolso e rápido recebimento após a contratação.
Desvantagens da modalidade
O empréstimo consignado também apresenta as suas desvantagens. Nesse ponto, é válido citar, por exemplo, que o acesso ao crédito costuma ser mais limitado. Isso porque, ao contratá-lo, o cliente não pode simplesmente comprometer toda a sua renda com o pagamento. Em regra, as parcelas não podem superar 30% dos vencimentos.

Empréstimo pessoal

Empréstimo pessoal ou crédito pessoal é um dos modelos mais comuns e acessíveis. É baseado em uma relação direta entre a instituição financeira e a pessoa interessada em contratar o serviço.
Vantagens do empréstimo pessoal

Rápida disponibilidade
Um dos pontos mais atrativo do empréstimo pessoal é a agilidade no processo de recebimento. No caso das pessoas que já mantêm um bom relacionamento com a instituição financeira, é muito comum a disponibilização de valores pré-aprovados, cuja contratação é ainda mais simples e rápida.
Acessibilidade
Outra vantagem do empréstimo pessoal é o seu amplo acesso. Essa modalidade é acessível à maioria das pessoas, como ocorre em outros tipos de contratação. Em geral, o solicitante precisa apenas, estar com o “nome limpo” na praça.

Desvantagens do empréstimo pessoal

Juros elevados
A principal desvantagem do empréstimo pessoal, sem dúvida, está nas altas taxas de juros praticadas. Ao contrário do empréstimo consignado, o empréstimo pessoal pode apresentar custos consideravelmente mais altos, fazendo dele uma opção que merece ser mais bem estudada.
Na prática, o fato que faz com que as taxas de juros sejam mais altas nesse tipo de empréstimo é a ausência de garantias, Por isso, os riscos acabam sendo maiores para as financeiras, que os compensam com juros mais elevados.
Crédito mais limitado
Apesar de ter uma contratação mais simples e rápida, o crédito acaba por ser mais limitado no empréstimo pessoal. A falta de garantia, em muitos casos, faz com que a oferta de crédito seja feita em valores mais reduzidos.

Empréstimo por penhor
Seguindo nosso passeio pelas modalidades de empréstimos , explicaremos agora um dos mais antigos , o empréstimo por penhor.
Resumindo, o penhor funciona da seguinte forma, ao solicitar uma determinada quantia, o contratante deixa algum bem como forma de garantir o pagamento da dívida — o que pode ser uma joia, um relógio ou qualquer objeto de valor. Ao quitar o seu contrato, o bem penhorado é devolvido.

Vantagens do empréstimo com penhor
A principal vantagem do empréstimo com penhor é o acesso rápido ao crédito. Uma vez avaliado o bem que o interessado deseja oferecer como garantia, a instituição financeira já libera o crédito — ou seja, é uma alternativa recomendada para algum tipo de urgência.
Além disso, esse tipo de empréstimo é vantajoso para aquelas pessoas que têm algum tipo de restrição financeira. Como o contratante oferece uma garantia para o pagamento da dívida, os riscos de prejuízo são mínimos para a financeira.

Desvantagens desse tipo de empréstimo
Do ponto de vista das desvantagens, pesa em desfavor do penhor o fato de os juros praticados serem mais elevados, especialmente quando o contratante opta por prazos de pagamento mais longos.
Somado à desvantagem citada, é preciso considerar que os riscos de prejuízo para o contratante acabam sendo maiores. Isso porque é muito comum a penhora de objetos de valor mais alto do que aquele que foi pego como empréstimo. Assim, caso o pagamento não seja feito, há a possibilidade de se perder o bem penhorado em favor da instituição financeira.

Cheque especial
O cheque especial é, sem dúvida, um dos empréstimos mais utilizados hoje a nível nacional. Ainda assim, não o dos mais queridos, já que é um dos principais causadores de desorganização financeira e inadimplência, pois ele está ali a disposição para você utilizar, porém assim que isso acontece você estará se comprometendo com um dos juros mais alto do mercado!

Vantagens do cheque especial
A principal vantagem do cheque especial é a sua simplicidade de acesso. Na maior parte dos casos, o limite já está disponível para saque ou uso.

Desvantagens do cheque especial
Não há como deixar de destacar as suas altas taxas de juros. Essa modalidade de empréstimo é a que apresenta os custos mais elevados do mercado, podendo ultrapassar os 14% ao mês.
Por essa razão, esse é um dos tipos de empréstimo mais perigosos, à medida que o tempo passa e valor da dívida se multiplica e na maioria das vezes o valor a ser utilizado é limitado, porém lembre-se, quanto maior o valor, caso o não seja regularizado, maior a “bola de neve”.

Rotativo do cartão de crédito
O cartão de crédito é um dos métodos de pagamento mais comuns na atualidade. Segundo dados do Banco Central, em 2018, havia 99 milhões de cartões de crédito ativos no país .
Apesar disso, o que nem todos os usuários de cartão de crédito sabem é que existe um tipo de empréstimo associado ao uso do cartão: o chamado crédito rotativo

Vantagens do crédito rotativo
Não é necessário nenhum tipo de contrato ou termo, basta que a fatura não seja totalmente paga até a data do vencimento para que o valor restante entre no rotativo, gerando juros e outros encargos.
Vale ressaltar também como vantagem a flexibilidade de uso desse empréstimo. Isso porque fica a critério do usuário do cartão quanto quer pagar da fatura e quanto deseja que entre no crédito rotativo — desde que, claro, o valor mínimo seja pago.
Desvantagens desse serviço
Assim como acontece com o cheque especial, o crédito rotativo apresenta taxas de juros extremamente altas. Em certos casos, as taxas praticadas superam as do cheque especial, podendo ultrapassar os 400% ao ano.
Financiamento
Finalmente a última modalidade que vamos falar hoje, um aliado também muito conhecido entre nós. Afinal, essa modalidade de compra de bens ,na prática também pode ser vista, de certa forma, como um tipo de empréstimo. É possível adquirir uma casa, um terreno, um automóvel ou mesmo custear um curso superior, tudo por meio financiamento.
É importante lembrar que, nesse tipo de empréstimo, o bem adquirido, na maior parte das vezes, serve como garantia do contrato, não podendo ser vendido ou doado, enquanto não for quitado.

Vantagens do financiamento
Além da amplitude de opções para se utilizar o financiamento, essa modalidade ainda tem a vantagem de ser extremamente flexível em relação ao prazo de pagamento. Por exemplo, na compra de imóveis, o prazo pode se estender a mais de 30 anos — justamente por isso hoje essa é uma das alternativas mais comuns para a realização de sonhos.

Desvantagens do financiamento
Fazendo uma avaliação negativa, o financiamento tem como ponto fraco os juros cobrados. Embora não sejam os mais altos do mercado, ainda assim são taxas elevadas e que acabam pesando no bolso de quem contrata, especialmente quando se opta por prazos de pagamento mais longos.
Somado a isso, ainda há a desvantagem da dificuldade de contratação. Em regra, o financiamento depende de uma avaliação de crédito mais criteriosa e que nem sempre atende a todos os perfis de consumidores.

Diante de todas as opções apresentadas , podemos entender que a melhor modalidade a ser escolhida dependerá da análise da sua situação financeira X a emergência que necessita para solucioná-la. Nós da Málaga soluções financeiras temos um time de consultores preparados para lhe auxiliar da melhor forma e nos colocamos a disposição para orientá-lo de acordo com a sua necessidade. Temos como missão a transparência e agilidade para a satisfação de nossos amigos e clientes.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *